viernes, 17 de junio de 2016

Video - Pablo Iglesias califica de oposición "sensata" al golpista derechista de Henrique Capriles y pronostica su victoria



Ver más:

- http://canarias-semanal.org/not/18541/pablo-iglesias-se-decanta-la-oposicion-sensata-de-capriles-ganara-las-proximas-elecciones-en-venezuela-video-/

- http://canarias-semanal.org/not/18543/conozca-a-henrique-capriles-el-opositor-venezolano-al-que-pablo-iglesias-considera-moderado-video-/

Cada vez es más oportunista y lameculos del capital y del imperialismo este trepa.

-----------

1 comentario:

  1. AnonimoTrotskista18 de junio de 2016, 2:39

    Este asco ainda vai ser pior que o Tsipras. O Tsipras na campanha eleitoral ainda teve a decência de ocultar o que pensava, apoiou a Palestina, defendeu aparentes medidas sociais. Mal chegou ao poder, traiu a Palestina de uma forma vil, apoiou Israel de forma ainda mais descarada que os países capitalistas da UE e por outro lado aprovou todas as medidas do FMI.
    Já sugeri que para acabar com isto, se enforcasse ou desse um tiro na cabeça para acabar com esta porca miséria. É a única coisa decente que lhe resta fazer.
    Agora este Iglesias em campanha já tem coleccionado pérolas sobre a Venezuela, NATO, de uma forma que me faz pensar que à beira dele, Tsipras vai acabar com ar de decência.
    Querem fazer uma aposta? Quanto tempo levará este traidor de merda a passar a atacar a Palestina, apoiar Israel, dizer mal de Cuba, apoiar a Arábia Saudita e a Turquia?
    Pelo ritmo, se na campanha é assim, quando chegar ao poder vai ser pior que Tsipras. Neste caso não sugiro que dê um tiro, mas que seja justiciado pela porca traição!
    Como é possível que algum comunista vote nele? Digam-me que nenhum vota nele, por favor…
    Só demonstra que para uma construção marxista, temos de deixar as modas, não se é pela Palestina ou pelo Donbass por moda, mas sim por coração, convicção na sua causa justa. Assim como pelos curdos, turcos marxistas, povo sírio, entre outros. Temos de ter ideias firmes, não modismos…
    Iglesias mostra a miséria da esquerda das “causas fracturantes” e das “novas realidades” que é um eufemismo para uma esquerda colonizada por qualquer causa da moda. Nos anos 60 eram pelo Vietnam porque era moda, hoje apoiam a merda da oposição síria, que mata, estropia, arruína as pessoas.

    ResponderEliminar