martes, 24 de enero de 2017

Filipinas: 8 militares muertos en emboscada del comunista Nuevo Ejército del Pueblo


El pasado 21 de enero combatientes rojos del Nuevo Ejército del Pueblo tendieron una emboscada a tropas fascistas del ejercito filipino causando la muerte de ocho militares en Makilala, Cotabato del Norte. Un guerrillero comunista resulto muerto en el enfrentamiento.

Dicha emboscada se produjo como consecuencia de la incursión de las tropas fascistas enemigas en zonas bajo el control de la guerrilla comunista en un acto de clara provocación y el cual fue respondido adecuadamente.

Comunicado del Nuevo Ejército del Pueblo sobre el enfrentamiento:

https://www.philippinerevolution.info/statements/20170122-8-enemy-troops-killed-in-39th-ib-afps-bullheaded-combat-operation-against-npa-in-makilala-n

-----------

1 comentario:

  1. Israel se prepara para utilizar su "plena fuerza" en Gaza

    Tradução!! Israel prepara a destruição total da Palestina! Se com a “força moderada”, por norma Israel “presenteia” os palestinianos com bombas de 200 toneladas em hospitais pediátricos, escolas, cemitérios, bairros residenciais, matando centenas de pessoas para acertar num “alvo”, apenas nos podemos interrogar o que significa esta expressão força plena? A deportação final do que resta da população palestiniana? Quem diz isto é Avigdor Lieberman, um fascista judeu que defende a total expulsão dos árabes da Palestina. Neste artigo diz, que a próxima ofensiva só deve parar quando os palestinianos se renderem, sabendo perfeitamente que é algo que eles não farão. Logo, isto significa uma guerra plena!! Isto explica-se à luz da onda crescente de reconhecimentos do estado palestiniano, com destaque para algumas potências ocidentais e o Vaticano, que é o líder espiritual do Ocidente, da América Latina e de parte da África. Logo boa parte do mundo está já oficialmente a reconhecer a Palestina. E já se sabe que a Rússia, China são pró-Palestina. Logo Israel percebeu que o cerco se aperta e pensa estourar de vez com a Palestina, antes que esta se reerga. Contudo, Israel só está a dar mais um passo para o seu fim. Crescentemente se exige um só estado para os dois povos e o sionismo é já publicamente atacado como uma ideologia racista. O medo das acusações de anti-semitismo é algo que já só existe nessa elite política alienada e até mesmo aí se nota um crescente divórcio com essa lógica. É o fim do sionismo. Devemos avançar para um só estado para os dois povos!

    Retirado de: https://mundo.sputniknews.com/orientemedio/201701251066477495-israel-listo-ocupar-gaza/

    ResponderEliminar