lunes, 6 de febrero de 2017

La prensa del régimen sale en defensa del futbolista nazi Zozulya y ataca a la afición antifascista del Rayo


No han tardado en responder a la iniciativa antifascista del colectivo Bukaneros de no dejar que un jugador de ideología nazi jugase en su club. Han salido en tromba desde la falsimedia defensora del régimen borbónico a proteger al jugador que aparece en decenas de fotos junto a grupos neo nazis del ejército ucraniano o que es recibido en la Estación Santa Justa de Sevilla por grupos ultraderechistas.

Vean el panorama:

http://deportes.elpais.com/deportes/2017/02/05/actualidad/1486315886_797924.html

http://www.elmundo.es/deportes/2017/02/06/5897af76468aebf9278b463a.html

http://www.larazon.es/local/madrid/vallecas-el-barrio-que-quiere-desterrar-a-zozulya-JE14453468

insurgente.org

--------------

1 comentario:

  1. O real problema não é esse porco do Zoluzya, que não passa de um fantoche nazi, sedento de protagonismo. O que os mass merdia temem é que os gloriosos Bukaneros deram um súbito protagonismo à causa da Novorossia soviética! E isto numa altura em que se dá provavelmente a mais perigosa escalada de Kiev contra o Donbass, devido ao abandono de Kiev por parte de Trump!! É o pânico!! Os gloriosos Bukaneros conseguiram colocar na primeira página o Donbass e mostrar aquilo que a mass merdia tenta esconder: a natureza nazi do regime de Kiev!!! Daí o pânico, somado ao crescente apoio a Putin, que varre o mundo ocidental e o abandono de Trump. Talvez vocês não saibam, mas foi noticiado ontem que Timoshenko tentou encontrar-se com Trump e de forma tão desesperada, que imagine-se, esperou por ele quando Trump foi ao wc, esperando à porta para implorar ser recebida por ele!! Para se prestar a tal humilhação e a tal ridículo, deve-se imaginar o desespero que a oligarquia ucro-nazi está a sofrer. A vitória de Trump foi um enorme golpe para Kiev, quer porque Trump prometeu alinhar com Putin, quer porque Trump não esquece que Porcoshenko publicamente o atacou e apelou ao voto em Killary. Trump acaba de negar qualquer fundo e armas a Kiev. Daí que Porky tenha ordenado a ofensiva brutal contra o Donbass, tentando provocar uma intervenção russa com a ideia desesperada de coagir Trump a defendê-lo contra a “agressão russa”.

    Glória ao Rayo Vallecano!!!

    Só lamento que o meu clube, o Benfica, não tenha um grupo organizado deste tipo, infelizmente muitas das claques organizadas são nazis, no Benfica descobriu-se laços nazis num dos seus grupos organizados, facto triste que se estende a outros clubes.

    ResponderEliminar